Gosto de literatura e fotografia. Então, mantenho dois blogs: "LUGARES" - dedicado à fotografia com relatos de viagens, experiências, informações e dicas aos marinheiros que se aventuram em "mares nunca dantes navegados" e "NOTAS DO SUBSOLO" , um caderno virtual dedicado à literatura. Espero que gostem.



4 de jul de 2010

BUDAPESTE DIA 44 - ESCAPADA SÓFIA/BULGÁRIA - DIA 3


Pedidos em árvores, amarrados em fita vermelha
 
Anúncios de falecimentos nas árvores do bairro.

 
RADIO CAFÉ, um café diferente, onde se pode deitar ao sol...


Pedintes sempre oferecem algo em troca de algumas moedas...

Muitas águas, fontes e parques por toda SOFIA. Os Búlgaros adoram a vida ao ar livre



Sorvete vendido à maneira antiga...


CURIOSIDADES BÚLGARAS.


    A primeira impressão que tive de Sófia  é de que sua aparência ainda esta muito marcada pelo comunismo.
     As construções inacabadas, a arquitetura básica, todos os prédios muito parecidos e com aquela coloração cinza. Somente há poucos anos, após 1990, com o capitalismo, a cidade começou a mudar adotando alguns valores capitalistas. Um deles que chama atenção é a de que Sofia está lotada de anúncios, uma publicidade descontrolada. Parece faltar  um código  sobre o visual dos prédios, e da publicidade, o que deixa a cidade bastante poluída visualmente.e, nos prédios,  roupas penduradas nas janelas são muito comuns.
     Outra coisa são a quantidade enorme de fios de luz criando verdadeiros emaranhados nas ruas, contribuindo bastante para a poluição visual.


Búlgaros assistindo em telão na praça a derrota do Brasil para a Holanda
....................

     Li em vários lugares e mesmo o taxista que nos trouxe do aeroporto   falou que os Búlgaros de SOFIA, são introspectivos, sérios e não muito amigáveis. A experiencia que tive não confirma esta afirmação.             
   Encontrei pessoas gentis, prontas a dar informações, mesmo com dificuldade de se expressar inglês, e no comércio fui bem atendida.
  Os motoristas ainda não tem respeito pelas faixas de pedrestes, nem educação urbana, como na maioria das cidades, isto é verdade e também o fumo aqui ainda parace livre, o que em quem não está mais acostumada com isto, incomoda bastante.
...............

     Se um dia vieres à SOFIA e observar muitas árvores com fitinhas vermelhas penduradas, não estranhe. É uma tradição na Bulgária. No dia 01 de Março celebra-se o dia de “Baba Marta” (avó Marta). Neste dia, as pessoas trocam pulseiras bicolores - branca e vermelha - chamadas martenitca (fala-se martenizza).
    Diz a lenda que , antigamente, as pessoas devem usar a pulseira até ver uma cegonha no céu. Assim que avistar o pássaro, a pulseira é então pendurada no ramo de uma árvore em flor, como desejo de fertilidade.
     Mas hoje em dia, as pessoas apenas penduram as fitinhas na árvore e fazem um pedido. As árvores do centro ficam lotadas delas!
.........................


     Na Bulgária a água é sinônimo de bons fluidos. Quando se tem alguma reunião importante, ou um evento, costuma-se jogar um balde dágua na porta de casa, antes de sair, desejando que as coisas fluam tranquilas como a água.

....................

     O Búlgaro utiliza flores para tudo. só não esqueça que tem que ser um número impar. Par somente para funerais.
...............

     Outra coisa que me chamou atenção é que em alguns parques dos bairros, encontram-se afixados nas árvores cartazes feitos na internet comunicando falecimentos das pessoas, como se a anuncar a quem passa que tal pessoa faleceu. Com foto e tudo.
........................

     Ainda se vê em Sofia muitos pedintes nas ruas, mas sempre oferecem algo em troca, uma ramalhee de flores apanhadas bas praças, cantam, tocam instrumentos diversos.

........................

Nenhum comentário:

Postar um comentário