Gosto de literatura e fotografia. Então, mantenho dois blogs: "LUGARES" - dedicado à fotografia com relatos de viagens, experiências, informações e dicas aos marinheiros que se aventuram em "mares nunca dantes navegados" e "NOTAS DO SUBSOLO" , um caderno virtual dedicado à literatura. Espero que gostem.



29 de jun de 2010

BUDAPESTE DIA 39 - O LADO BUDA (CASTELO & BASTIÃO DOS PESCADORES0

Túnel escavado na colina do Castelo,  dá uma dimensão da altura em que estão localizados o castelo e demais monumentos do bairro
    
    
Ponte que leva ao lado Buda
    
A Igreja



Detalhe das Torres do bastião dos Pescadores

Vista do Paramento Húngaro é privilegiada lá do alto.
Colunas do Bastião dos Pescadores

Como era Buda na idade medieval

Detalhes em cada esquina.
Reflexo de uma das torres do bastião dos pescadores, moderno e antigo fundidos com sabedoria e competência

Casa típica do bairro
Teto da Igreja e Torre

Dezenas de esculturas pelas ruas e praças

Danúbio ao fundo




Quem não quiser subir pelas ruas, ou mais de 200 degraus pode ir pelo funicular
    

      Classificada como Patrimônio Mundial esta parte da cidade já era habitada no séc. XII por apresentar características favoráveis. Depois da invasão dos tártaros, o rei Béla IV mandou construir no local, um castelo para onde mudou sua sede. O Bairro do Castelo está situado na Colina de Castelo, A 180 metros de altitude. Tem um quilometro emeio de comprimento e em alguns locais até meio quilômetro de largura.
     Nesta zona existem três igrejas, cinco museus, muitos prédios importantes, monumentos, praças, um teatro, restaurantes, lojas de souvenirs e galerias de arte.
     Do Bastião dos Pescadores e do terraço em frente  à Galeria nacional tem-se uma vista deslumbrante da cidade.
     O Bairro do Castelo é um núcleo urbano ancestral e ao mesmo tempo  o principal conjunto de monumentos do país.
      Embora tenha sofrido ao longo de seus 800 anos de  história, vários incêndios, c ercos e guerras mundiais, guarda  maravilhosos vestígios medievais e sua beleza.
     No subsolo encontra-se um sisitema de grutas e caves de grande dimensão. Durante a Segunda Guerra Mundial abrigaram-se nestas cavernas 20 mil soldados alemães.
     A atração mais visitada é a Praça da Santíssima Trindade, onde está  um dos mais característicos edifícios de Budapeste, a Igreja Máthyás, com mais de 700 anos. Sua torre gótica  e o Bastiõ dos Pescadores. Esta Igreja, foi durante séculos local de coroações.
     Depois de 1541, e por algum tempo foi transformada em mesquita turca e depois voltou novamente  a ser templo católico.

O BASTIÃO DOS PESCADORES

     Este local foi construído em estilo neo-romantico e ocupa o lugar das antigas muralhas medievais. Ao seu lado encontra-se o primeiro hotel de luxo construído em budapeste, o  Hilton, em seu pátio interno encontra-se o claustro de um mosteiro medieval e o interior do Hotel integra as ruínas de uma Igreja, onde se organizam espetáculos.

PALÁCIO REAL E SEUS ANEXOS

     Este conjunto de edifícios sofre muito com a Segunda Guerra Mundial. Hoje várias de suas alas foram trnsformadas em museus, estando aqui também instalada a Biblioteca Nacional.    
     O Palácio Sandor, antiga residencia oficial dos Primeiros Ministros, é hoje residencia do presidente da República. 

2 comentários:

  1. Olá Isabelle, belas imagens, belo post... visitei seu blog. gostei e tomei a liberdade de ficar...abraços e até mais. Giovanna

    ResponderExcluir
  2. obrigada Giovana, cheguei agora de budapeste em Sofia, amanhã já blog as novidades.

    ResponderExcluir