Gosto de literatura e fotografia. Então, mantenho dois blogs: "LUGARES" - dedicado à fotografia com relatos de viagens, experiências, informações e dicas aos marinheiros que se aventuram em "mares nunca dantes navegados" e "NOTAS DO SUBSOLO" , um caderno virtual dedicado à literatura. Espero que gostem.



17 de jul de 2011

O ABSINTO NA REPÚBLICA TCHECA

Em Praga existem pubs, bares, restaurantes por todos os lados. O pessoal desta parte da Europa gosta de beber e oferece milhares de oportunidades para isso. Pode ser um PIVO, como chamam aqui a cerveja, restaurantes de vinhos, drinks com destilados etc... Há também uma variedade sem fim da bebida ABSINTO. Descobri inclusive que existe para a denominada FADA AZUL, uma versão Vermelha. Existem lojas que vendem apenas ABSINTO. 
O Absinto é chamada da fada verde engarrafada.  Quando Toulouse-Lautrec estava pintando Jane Avril e Mucha fazia os cartazes de Sarah Bernhardt, o absinto era a bebida da moda. Dez entre dez artistas do inicio do século XX bebiam o destilado feito da erva Artemísia Absintum.  Acusado de causar delírios e  até de matar, a bebida foi proibida em 1915.  
O absinto depois de destilado possui teor alcoólico  muito alto, chegando a  70%.  A versão vendida hoje não possui mais o componente alucinógeno, mas este pode ser encontrado nas lojas em forma de extratos da planta, vendidos em garrafas bem pequenas. Para se preparar o absinto precisa-se também de uma colher especial. Então, aprenda como beber o absinto, à venda em diversas casas de souvenir na República Tcheca.   


Absinto e vodka com canabis




Para quem quiser experimentar o ideal é beber da maneira correta e pouco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário