Gosto de literatura e fotografia. Então, mantenho dois blogs: "LUGARES" - dedicado à fotografia com relatos de viagens, experiências, informações e dicas aos marinheiros que se aventuram em "mares nunca dantes navegados" e "NOTAS DO SUBSOLO" , um caderno virtual dedicado à literatura. Espero que gostem.



26 de jun de 2010

BUDAPESTE DIA 34 - CADA DIA UMA SURPRESA...

    É impressionante como a cada dia descubro uma praça, uma rua, um prédio que ainda não tinha visto, e admiro e amo ainda mais esta cidade. Se me perguntarem concretamente sobre o porquê dificilmente saberei responder.
   Budapeste é uma cidade que aceita tudo com olhos de naturalidade, permite às pessoas que sejam de carne e osso, com suas particularidades respeitadas como dificilmente já vi em outros lugares.
   Apesar da sombra dos países do leste europeu que os mais velhos carregam é uma cidade alegre, mas de uma alegria contida, calma, tranquila.
    Aqui ninguém parece querer ser perfeito, são criaturas de carne e osso, com suas fraquezas, exquisitices e isto parece suficiente.
     Tem uma luz especial, um charme que não descrevo, apesas sinto e gosto e gosto do que sinto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário